REFRIMAQ

REFRIMAQ

terça-feira, 21 de abril de 2020

EM CARUARU, PE - SEQUESTRADOR FOI MORTO NUMA TROCA DE TIROS COM A POLÍCIA MILITAR


Um administrador de empresa foi sequestrado na noite do último domingo (19) no loteamento Cidade Alta em Caruaru, ele estava no seu veículo, acompanhado da esposa, quando foi abordado por três indivíduos a pé, a esposa conseguiu fugir dos marginais, mas o cidadão foi feito refém e foi sequestrado pelos bandidos, pouco tempo depois eles ligaram do próprio celular da vítima para a sua esposa e exigiram um resgate no valor de 5.000,00 e marcaram como o ponto de entrega a BR-232, em frente ao acesso do sítio Sapucarana, na zona rural de Bezerros.

A vítima relatou que os bandidos percorreram toda a área, passaram pelo Trevo do Formigueiro em São Joaquim do Monte, saíram em Bezerros e próximo ao bairro Encruzilhada de São João, na estrada do sítio Sapucarana, ficaram escondidos com a vítima no matagal e quando um cunhado da vítima foi levar o resgate, eles apareceram, conferiram o valor pago pelo resgate e depois levaram o cunhado para ver a vítima e depois fugiram levando o carro da vítima.

A vítima e o cunhado ligaram para os familiares que acionaram a polícia militar que realizou buscas e próximo a Fazenda Mirim, já na zona rural de Caruaru, viram o carro da vítima, fizeram o acompanhamento tático, mas ao invés de se entregarem os marginais receberam o policiamento á bala, houve revide a injusta agressão e os policiais recuperaram o carro da vítima e no seu interior encontraram um revólver municiado, fizeram uma varredura na área e nada encontraram, em seguida apresentaram a ocorrência no plantão policial.

Na manhã dessa segunda-feira (20), moradores da localidade, no sítio Pé-de-Serra de São Francisco, ao lado da Fazenda Mirim, encontraram o corpo de um dos bandidos, Cristiano Flor da Silva, vulgo “Pequeno” de 33 anos, que morava no sítio Jacaré de Gonçalves Ferreira, na zona rural de Caruaru. A esposa dele disse que passou a tarde bebendo, as 7 horas da noite foi dormir com o marido e ao acordar as 5 horas da manhã não o encontrou na cama e ao ir ao local identificou o marginal morto como o seu marido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário