REFRIMAQ

REFRIMAQ

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

MENINA DE 13 ANOS MORREU GRÁVIDA DO PRÓPRIO PAI QUE A ESTUPRAVA DESDE OS 9 ANOS


Uma menina de apenas 13 anos morreu, na cidade de Coari, no interior do Amazonas. Ela estava grávida de 7 meses do próprio pai, que abusava dela desde os 9 anos.

Luana Ketlen morreu em decorrência das complicações da gravidez. Após passar mal, ela foi levada a um hospital, onde o médico sugeriu fazer o parto. Após a cirurgia, a menina apresentou novas complicações e foi constatado que ela tinha cirrose hepática, derrame pleural, e anemia profunda. Ela morreu no aeroporto, enquanto tentava ser transferida para um hospital na capital.

A família da menina só descobriu que ela vinha sendo estuprada pelo pai, Tome Faba, de 36 anos, quando Luana passou mal. A mãe desconfiou da gravidez porque percebeu mudanças no corpo da filha.

Inicialmente, Luana contou sobre o crime para uma tia, que logo em seguida revelou para a mãe da menina. Questionada pela mãe sobre quem era o pai, Luana revelou sobre os abusos.

No hospital, foi descoberto que ela estava grávida de 5 meses. A menina não havia contado dos abusos para ninguém porque era ameaçada de morte.

Segundo a menina, os abusos aconteciam quando pai levava a filha para pescar. Sozinho com ela, ele cometia os estupros.

Tomé Faba segue foragido desde que a família descobriu o crime. Ele fugiu por um matagal e nunca mais foi visto.

Últimas Notícias Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário