SIGA NATURAL

SIGA NATURAL

terça-feira, 7 de maio de 2019

EM MARAIAL, PE - DOIS HOMENS FORAM ASSASSINADOS E UM BEBÊ BALEADO NO DISTRITO DE SERTÃOZINHO DE BAIXO

Uma tentativa de homicídio e dois assassinatos foram registrados em menos de 24 horas no distrito Sertãozinho de Baixo, município de Maraial, zona da Mata Sul do estado. De acordo com o efetivo, os indivíduos tinham envolvimento com o tráfico de entorpecentes e eram rivais.

A primeira vítima foi executada na noite da última sexta-feira (03), quando caminhava em direção a sua casa. Ela estava sozinha e foi abordada pelos elementos ao passar por um local mal iluminado. O primo do homem, conhecido popularmente como Farofa, estava em sua companhia minutos antes do crime e também era um alvo dos criminosos. Os policiais tentaram encontrá-lo, para que ele prestasse alguns esclarecimentos, mas sem êxito.

O outro homicídio ocorreu no sábado (04), por volta das 12h. Segundo os agentes, o rapaz, de 17 anos, segurava o seu filho, de apenas sete meses, quando foi executado. A criança também foi baleada e precisou ser socorrida às pressas para uma unidade hospitalar de Maceió, capital alagoana. Após investigações, constatou-se que o menor seria um dos responsáveis pelo homicídio ocorrido na noite anterior e teria sofrido uma retaliação.

Em seguida, os oficiais concluíram que o meliante foragido seria o responsável pela emboscada que vitimou fatalmente o homem e feriu o bebê. Sendo assim, foram empreendidas buscas com o intuito de localizá-lo e depois de algum tempo, o marginal foi capturado. Ao ser indagado sobre a sua participação no crime, ele afirmou que o jovem assassinado e o seu irmão, também menor, teriam executado o seu primo, pois haviam se desentendido na quinta-feira (02).

Imediatamente, as autoridades iniciaram buscas na tentativa de encontrar o outro envolvido. O infrator foi localizado enquanto pilotava a sua motocicleta e ao avistar o policiamento, tentou fugir, mas não conseguiu. Na delegacia, ele negou sua participação na ação criminosa e afirmou que um traficante de Colônia Leopoldina executou o seu irmão, com a ajuda do imputado que estava detido.

Após vários questionamentos Farofa confessou que indicou a localização do adolescente, mesmo sabendo que ele seria morto. Diante da situação, o delinquente foi autuado em flagrante delito e após audiência de custódia, seguiu para o presídio Dr. Rorinildo da Rocha Leão, onde permanece à disposição da Justiça.

Portal Nova Mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário