ERGO 30

ERGO 30

Comunidade Esperança

Comunidade Esperança

sábado, 20 de outubro de 2018

PEDREIRO É PRESO SUSPEITO DE ESTUPRAR AS ENTEADAS DESDE A INFÂNCIA


A Polícia Civil investiga a denúncia de um homem suspeito de estuprar as enteadas por anos. O caso foi denunciado de forma anônima pelo Disque 100 e os abusos aconteciam há mais de 11 anos. Ele trabalhava como pedreiro, morava no Recife e foi preso em casa na última terça-feira (16). Os detalhes foram revelados nesta sexta-feira (19).

A delegada titular do Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente, Thais Galba, conta que as vítimas hoje já são adolescentes. “Fizemos as investigações preliminares e como constatamos que a informação realmente era verdadeira a denúncia foi repassada para nós [DPCA]”, afirmou a delegada. “As adolescentes foram ouvidas aqui, relataram que de fato isso aconteceu, esse padrasto foi morar com a mãe delas quando elas tinham aproximadamente 2 e 3 anos de idade e a violência começou quando elas tinham 4 e 5 anos, respectivamente, e perduraram até elas adentraram na adolescência”, detalhou a delegada.

Segundo as meninas, os abusos aconteciam normalmente à noite, quando a mãe ia dormir e ele praticava vários atos libidinosos.

De acordo com as informações apuradas pela Polícia Civil, o homem tem um histórico de agressividade. “Não apenas no ambiente doméstico, mas também como mostra uma tentativa de homicídio e um homicídio que foi praticado no momento em que ele e a mãe das adolescentes ela se envolveu com outra pessoa. Ele, enciumado, acabou matando esse homem e tentou matar a própria sogra”, disse.

TV Jornal

Nenhum comentário:

Postar um comentário