ERGO 30

ERGO 30

Comunidade Esperança

Comunidade Esperança

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

PAULO CÂMARA (PSB) É REELEITO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO


O governador Paulo Câmara (PSB) foi reeleito, neste domingo (7), para comandar Pernambuco novamente pelos próximos quatro anos. Apuradas 100% das urnas no Estado, o socialista obteve 50,61% dos votos válidos - totalizando 1.896.126 milhões de votos.

O senador Armando Monteiro Neto (PTB), que encabeçou a coligação Pernambuco Vai Mudar, ficou em segundo lugar na disputa, com 36,01% dos votos válidos ­– totalizando 1.349.219 milhões de votos.

Ao lado de Paulo Câmara, a ex-prefeita de Olinda Luciana Santos (PCdoB) foi eleita vice-governadora. O senador Humberto Costa (PT) e o ex-governador Jarbas Vasconcelos (MDB) completam a chapa majoritária do socialista como os candidatos eleitos para as duas vagas do Senado Federal.

A Frente Popular de Pernambuco ­– coligação encabeçada por Paulo Câmara – teve o apoio de 12 partidos: PSB, MDB, PSD, PCdoB, PP, PRP, PR, SD, PPL, Patriota e PMN.

Acompanhado por todos os candidatos da chapa majoritária e pela família, o candidato socialista deixou sua residência em caminhada até o Centro de Educação Comunitária e Social do Nordeste (Cecosne), também no bairro da Madalena, local onde vota. Em seguida, o governador seguiu para o Centro de Formação de Educadores Professor Paulo Freire, ainda no bairro da Madalena, local de votação do aliado Geraldo Julio.

PAULO CÂMARA

Natural do Recife, Paulo Câmara tem 42 anos e é formado em economia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), onde se especializou em contabilidade e controladoria governamental. É mestre em Gestão Pública.

Auditor concursado do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE), ele ingressou no governo estadual em 2007, como secretário de Administração, na gestão do ex-governador Eduardo Campos (PSB). Em 2010, assumiu a Secretaria de Turismo, migrando no ano seguinte para a Secretaria da Fazenda ­ - ambos os cargos durante o segundo mandato do ex-governador Eduardo Campos.

Em 2014, Paulo Câmara foi indicado pelo PSB para disputar o pleito eleitoral. Naquele ano, foi eleito no primeiro turno com 68,08% dos votos válidos, derrotando o senador Armando Monteiro Neto (PTB).

HEGEMONIA DO PSB

Seguindo no comando do Palácio do Campo das Princesas, o Partido Socialista Brasileiro (PSB) entra para sua quarta vitória consecutiva em Pernambuco. Com o fim do primeiro mandato de Paulo Câmara, em 31 de dezembro de 2018, a legenda completará 12 anos à frente do Estado. A partir de 1º de janeiro de 2019, quando Paulo Câmara iniciará o seu segundo mandato como governador de Pernambuco, a sigla iniciará o ciclo de 16 anos no comando do Executivo estadual.

O partido retomou ao governo do Estado em 2006, quando o ex-governador Eduardo Campos foi eleito governador, desbancando o então governador Mendonça Filho (DEM) no segundo turno das eleições daquele ano. Eduardo se reelegeu no pleito de 2010 no primeiro turno e, em 2014, Paulo Câmara foi eleito, também no primeiro turno, derrotando o senador Armando Monteiro Neto (PTB).

JC

Nenhum comentário:

Postar um comentário