ERGO 30

ERGO 30

Comunidade Esperança

Comunidade Esperança

quinta-feira, 28 de junho de 2018

EM CONDADO, PE - HOMEM FOI PRESO SUSPEITO DE ESTUPRAR FILHA DE 11 ANOS

Um homem foi preso nesta terça-feira (26), no município de Condado, Zona da Mata Norte do Estado, suspeito de ter abusado sexualmente da filha de apenas 11 anos.
De acordo com o delegado Felipe Pinheiro, do município de Condado, tudo começou quando a menina foi à delegacia, em março desse ano, acompanhada da tia, para denunciar um suposto abuso que teria sofrido de um colega de classe, um adolescente que teria por volta de 14 anos. Após a denúncia, a menina foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para realizar o exame sexológico. O exame constatou que o hímen da criança estava íntegro e que, portanto, o menino teria abusado dela por meio de atos libidinosos.

Durante as investigações para comprovar o crime, relata o delegado, a menina voltou à delegacia acompanhada da tia, no dia 16 de junho, só que dessa vez para denunciar um novo estupro. A menina relatou que logo após o primeiro abuso, o pai começou a mudar de comportamento dentro de casa, vindo a abusar da criança por cerca de cinco vezes. Os estupros teriam acontecido em maio. A menina morava na casa apenas com o pai e uma irmã de 2 anos.

De acordo com o delegado Felipe, o suspeito do crime, de 44 anos, já cumpriu pena por um homicídio no estado da Paraíba e por estelionato e porte de arma de fogo no Recife. A mãe da criança trabalhava como empregada doméstica no Recife e só podia ver a filha nos fins de semana.

Ainda segundo a Polícia Civil, após um árduo processo de investigação, descobriu-se que o criminoso já estaria com uma passagem comprada para o estado de São Paulo, na intenção de fugir, o que desencadeou uma série de diligências em caráter de urgência para prendê-lo.

O homem preso e encaminhado para o Presídio de Igarassu, no Grande Recife, onde ficará à disposição da Justiça de Condado, para que seja julgado. A criança está recebendo acompanhamento psicológico. Ela e sua irmã estão sob a guarda da tia e da avó.

JC

Nenhum comentário:

Postar um comentário