ERGO 30

ERGO 30

Comunidade Esperança

Comunidade Esperança

sexta-feira, 2 de março de 2018

EM ALAGOAS - VIATURA COLIDE CONTRA CAMINHÃO CEGONHA E DEIXA TRÊS PMS MORTOS NA BR-101


Uma viatura da Polícia Militar colidiu contra um caminhão cegonha na BR-101, em Flexeiras, município do interior de Alagoas. Os três policiais que estavam na viatura morreram no acidente. A informação foi confirmada pela 2ª Companhia da PM.

De acordo com a assessoria da Polícia Militar os militares mortos no acidente foram identificados como: Cabo José Luciano, 35, que ingressou na PM em 2006; Soldado Júlio Cesar, 33, que ingressou na corporação em 2010; e Soldado Esdras, 25, que ingressou na PM em 2013.

A supervisão da 2ª CPM informou que os PMs estavam fazendo rondas e seguiam de Joaquim Gomes para Flexeiras.

O Corpo de Bombeiros se deslocou ao local para fazer o resgate e divulgou que a viatura pertence ao Pelotão de Operações Especiais (Pelopes). O chamado foi feito às 17h29.

Com o impacto da colisão, partes da viatura foram arremessadas. A suspeita é que um dos militares foi lançado para fora do veículo. O caminhão cegonha estava abastecido de carros quando a batida aconteceu.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) disse que também ficou sabendo do ocorrido e que foi verificar a ocorrência.

Assista o vídeo:


Luto

O Comando da Polícia Militar de Alagoas emitiu na noite desta quinta-feira (1º) lamentando a tragédia. Veja a nota na íntegra:

Nota de Pesar

A Polícia Militar de Alagoas lamenta profundamente o falecimento do cabo José Luciano da Silva, e dos soldados Júlio César Pereira da Silva e Esdras Santos da Silva, durante um acidente envolvendo uma viatura do Pelopes da 2ª Companhia Independente, que colidiu com um caminhão-cegonha, na tarde desta quinta-feira (1º), no km 45 da BR-101, entre os municípios de Flexeiras e Joaquim Gomes.

Os três militares estavam de serviço e indo realizar uma operação no momento em que aconteceu o trágico acidente. Os policiais perderam a vida no cumprimento do dever, em defesa do povo alagoano e imolados na dura missão de combater o crime.

O cabo J. Luciano tinha 35 anos e ingressou na PM em 2006; o soldado Júlio Cesar tinha 33 e ingressou na corporação em 2010; já o soldado Esdras foi incorporado em 2013 e tinha 25 anos de idade.

A PM externa seu pesar à família e se coloca à disposição para o que se fizer necessário, disponibilizando total apoio às vítimas e seus familiares. Os nomes desses valorosos guerreiros jamais serão esquecidos pelos companheiros da corporação e por todos que anseiam e trabalham pela paz e justiça em Alagoas.

G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário