ERGO 30

ERGO 30

Comunidade Esperança

Comunidade Esperança

quarta-feira, 7 de março de 2018

EDUCAÇÃO AMBIENTAL DE LAJEDO É RECONHECIDA NO CENÁRIO NACIONAL


A Escola Ambiental inicia o ano letivo com mais um reconhecimento pelas atividades realizadas na área de Educação Ambiental, com a reutilização de resíduos sólidos. O projeto PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS COM A REUTILIZAÇÃO DE PNEUS foi reconhecido como “Prática de Referência Educares”. Em 2017, em todo o Brasil apenas 22 práticas foram homologadas na plataforma digital do Ministério do Meio Ambiente, essa já é o segundo projeto vinculado à plataforma. O primeiro projeto a ser reconhecido aconteceu de 2013/2014 com o tema "Estrutura e Funcionamento do Aterro Sanitário de Lajedo – PE, teoria e prática" http://educares.mma.gov.br/index.php/reports/view/99.
A Educação Ambiental de Lajedo - PE é reconhecida como um dos principais instrumentos da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Em Lajedo, a Escola Ambiental, vinculada à Secretaria Municipal de Educação, realiza atividades educacionais inovadoras em parceria com as demais secretarias, entidades religiosas, empresas privadas e Organização Não-Governamentais – ONG’s.
As atividades realizadas nos últimos 05 anos evidenciam a importância de práticas ecologicamente corretas e o incentivo da participação da sociedade na proteção ao Meio Ambiente. 5 mil pneus foram reutilizados de forma pedagógica,lúdica e recreativa.

Esse reconhecimento a nível Nacional é uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente (MMA), por meio do Departamento de Educação Ambiental (DEA), lotado na Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental (SAIC) em parceria com a Secretaria de Recursos Hídricos e Qualidade Ambiental (SRHQ). Criaram a ESTRATÉGIA NACIONAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E COMUNICAÇÃO SOCIAL NA GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS (EducaRES).

EducaRES é uma plataforma pública, onde podem ser registradas e difundidas experiências no contexto da PNRS. Mais de 200 experiências de 2013 a 2017 relacionadas à Educação Ambiental e comunicação social com resíduos sólidos já se encontram disponíveis para acesso.

A partir dessa ferramenta digital, gestores, catadores de material reciclável e cidadãos em geral têm a oportunidade de buscar boas iniciativas que podem auxiliar no gerenciamento de resíduos de todas as regiões do país.

Essas práticas servem como referência de composição para materiais pedagógicos e técnicos de publicações e processos formativos produzidos pelo Governo Federal. 

A partir de uma infraestrutura tecnológica colaborativa e de código aberto, a plataforma virtual EducaRES oferece ao público um mapa georreferenciado com as iniciativas brasileiras cadastradas, facilitando a visualização das práticas inspiradoras no território nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário