ERGO 30

ERGO 30

Comunidade Esperança

Comunidade Esperança

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

SEIS EM CADA DEZ BRASILEIROS SÃO CONTRA A LEGALIZAÇÃO DA MACONHA, APONTA PESQUISA


Uma pesquisa de opinião feita pelo Instituto Paraná Pesquisas entre os dias 10 e 14 de fevereiro mostra que os brasileiros ainda são resistentes à legalização da maconha no Brasil. 

Questionados sobre a legalização ao uso da maconha, 64,6% disseram que são contrários, 30,7% disseram que são favoráveis e 4,7% não sabem ou não responderam. O percentual quase não se altera quando a pergunta é sobre a legalização do plantio da maconha no Brasil: 65,8% disseram ser contra, 30% a favor e 4,2% não sabem ou não responderam. De acordo com a pesquisa, os mais resistentes à legalização do uso da maconha são os homens (66,1% contra 63,2% das mulheres). 

Já no recorte por idade, são os brasileiros com faixa etária entre 45 e 59 anos os mais resistentes (70,7% contrários). Por escolaridade, o percentual de contrários à legalização é maior entre os brasileiros com ensino fundamental completo (75,4%). Por região, a resistência é maior entre brasileiros que moram no Norte e Centro-Oeste, 75,4% contrários. Em relação à legalização do plantio da maconha, a restrição também é maior entre homens (67,8%), brasileiros com faixa etária entre 45 e 59 anos (72,8% contrários), com ensino fundamental completo (75,9%). 

O Instituto Paraná Pesquisas ouviu 2.402 brasileiros em 208 municípios das 27 unidades da federação por meio de questionário online. O grau de confiança é de 95% para uma margem estimada de erro de aproximadamente dois pontos percentuais para os resultados gerais. Nas análises por localidade a margem de erro chega a 5,5 pontos percentuais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário