ERGO 30

ERGO 30

Comunidade Esperança

Comunidade Esperança

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

EM LAJEDO, PE - POLÍCIA CIVIL PRENDE ACUSADOS DA MORTE DO TÉCNICO DE ENFERMAGEM, ROBERVAL, QUE FOI MORTO POR ASFIXIA


Desde a morte do Técnico de Enfermagem nessa quarta-feira (21), uma equipe de delegados, comissários, agentes e peritos, começaram investigar a causa, motivos e possíveis suspeitos para o crime.

Durante as investigações, ficou constado que o Técnico de Enfermagem teria sido assassinado e descoberto os acusados do crime.

O delegado titular da delegacia da cidade de Lajedo, onde o crime aconteceu, confirmou os nomes dos envolvidos na morte de José Roberval Peixoto da Silva, 37 anos, que foi encontrado morto em sua casa na manhã dessa quarta. A causa da morte foi asfixia confirmada pela Instituto de Medicina Legal (IML).

De acordo com o delegado Dr. Helianthus Bezerra, os acusados José Carlos Martins, 30 anos, e um adolescente de 16 anos, passaram a madrugada ingerindo bebida alcoólica com a vítima. O carro de Roberval foi encontrado cerca de 1Km de sua residência, além de terem levado o celular e a carteira com seu salário. 

Quando os elementos chegaram na delegacia, em depoimento, entraram em contradição, em seguida foi dado voz de prisão aos elementos.
Nas redes sociais, irmã da vítima desabafou e acusou o José Carlos, que inclusive trabalho como motorista no SAMU/Lajedo. Ela em sua postagem afirma que o José Carlos tinha um caso amoroso com seu irmão. 

O corpo do José Roberval está sendo velado na Quadra do Colégio Normal de Lajedo sob muita comoção. Familiares e amigos dão o último adeus ao Técnico de Enfermagem que era muito querido na cidade.

4 comentários:

  1. Muito triste q Deus console toda a Familia Roberval era muito querido por todos aqui em Lajedo-pe que a justiça dos homens seja feita pois a
    de Deus só ele sabe 😢

    ResponderExcluir
  2. Espero que seja julgado e condenado o mais rápido possível. Que não seja mais um homossexual assassinado JUSTIÇA

    ResponderExcluir
  3. Que os culpados paguem por seus atos, ambos eram trabalhadores e pessoas de bem. Independente do motivo não se justifica tal atrocidade que ele seja punido severamente com a justiça dos Homens e a de DEUS também. Que DEUS conforte a todos os parentes e amigos nesse momento tão difícil

    ResponderExcluir