ERGO 30

ERGO 30

Comunidade Esperança

Comunidade Esperança

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

EM GAMELEIRA, PE - MORADORES IMOBILIZAM E ESPANCAM ASSALTANTE


Um assaltante foi interceptado e linchado por populares durante uma tentativa de assalto no centro de Gameleira, na Mata Sul do estado, na noite do último sábado (27/01). O elemento, que respondia pelo mesmo crime em regime aberto, é suspeito de assassinar um policial militar de Alagoas.


Em rondas ostensivas na localidade, por volta das 18h30, duas equipes de Guarnição Tática perceberam um tumulto próximo a um estabelecimento comercial e, na abordagem, encontraram um homem imobilizado por moradores e com várias marcas de lesão pelo corpo. Segundo testemunhas, ele estava armado e planejava realizar um assalto, mas foi impedido pelos habitantes.

Questionado pela polícia, o assaltante, conhecido como “Banguelo”, 25, afirmou que agia em parceria com um elemento conhecido como “Negão da Moto”, que se evadiu do local. Ele confessou estar cumprindo pena em regime aberto por assalto e porte ilegal de arma de fogo em Ribeirão e municípios circunvizinhos. O indivíduo também é suspeito de assassinar um oficial da Polícia Militar de Alagoas.

Com ele havia um revólver calibre 32, com numeração raspada e seis munições intactas. Diante dos fatos, o sujeito foi conduzido à delegacia para prestar mais esclarecimentos e ser indiciado por porte ilegal de arma de fogo e tentativa de assalto. O comparsa está foragido.

Ainda no município de Gameleira, mais cedo, um menor de 17 anos foi detido e conduzido à delegacia por estar em posse de duas espingardas e mais de 20 munições intactas no bairro de Santa Luzia. De acordo com as investigações, ele seria comparsa de um elemento acusado de um homicídio em Ribeirão.
Numa ação conjunta entre a Guarnição Tática e oficiais da ROCAM, os policiais interceptaram o menor em atitude suspeita e encontram, no bolso da bermuda, três munições calibre 32. As autoridades questionaram-no sobre a localização da arma, mas, a princípio, ele disse que não sabia do seu paradeiro e que apenas entregaria as munições para um indivíduo apelidado de “Galego”.

Para o seu azar, contudo, o celular tocou no momento da abordagem: era o comparsa tentando avisá-lo da presença da polícia no entorno. Diante disso, o menor confessou a localização de duas armas, no bairro Alto da Fé, em Ribeirão. Em diligências junto com o delinquente, as autoridades encontraram duas armas de calibres 12 e 32, uma delas com numeração raspada. Além disso, também foram encontradas mais 23 munições de calibre 12 e uma faca artesanal.

Ainda durante a oitiva, o menor confessou ser parceiro de um indivíduo conhecido como “Rafael”, que teria utilizado as armas para cometer um homicídio em Ribeirão. Em face das evidências, ele foi conduzido até a delegacia, juntamente com o material apreendido, onde ficou à disposição da Justiça.

Nova Mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário