ERGO 30

ERGO 30

terça-feira, 7 de novembro de 2017

EM IPOJUCA, PE - MULHER É MORTA E FILHAS BALEADAS APÓS FESTA

Uma mulher foi assassinada e duas filhas dela ficaram feridas, na madrugada dessa segunda-feira (6), após o trio se envolver em uma confusão durante uma festa em Ipojuca, Litoral Sul de PE. De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu próximo ao mercado público da cidade. Uma mulher, que pode ser investigada como a mandante do crime, foi presa.

Adriana Maria de Melo, de 40 anos, estava com as duas filhas, identificadas como Arielle Maria de Melo Silva e Gabriela Maria de Melo, em uma festa no Sítio Pedro da Mata na noite desse domingo (5). Por volta das 19h, as três se envolveram em uma briga com uma mulher identificada como Camila Bárbara da Costa Silva. 

A Polícia Militar explicou que, horas depois da confusão, a mãe e as duas filhas foram beber no mercado público de Nossa Senhora do Ó, onde o crime aconteceu. Testemunhas afirmam que um homem se aproximou das vítimas e efetuou os disparos contra elas, por volta das 3h desta segunda-feira. De acordo com as investigações, Camila é a principal suspeita de mandar matar as mulheres.

Apesar de ter sido socorrida, Adriana não resistiu aos ferimentos e morreu pouco depois de ser baleada. Já as duas filhas dela - Arielle, que foi atingida por um tiro na mão, e Gabriela, ferida por um disparo no tórax -, foram levadas para o Hospital Carozita Brito, em Ipojuca. Diante da gravidade dos ferimentos, as duas foram transferidas, para o Hospital Dom Helder, no Cabo de Santo Agostinho, também no Grande Recife.

Pouco depois do crime, Camila Bárbara da Costa Silva foi presa, suspeita de mandar matar as mulheres. As investigações apontam que Camila teria mandado um companheiro se vingar das vítimas, depois da confusão ocorrida na noite do domingo.

JC Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário