ERGO 30

ERGO 30

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

EM LAGOA DO CARRO, PE - BANDIDOS EXPLODEM CAIXA DE POSTO BANCÁRIO

Bandidos explodiram um caixa eletrônico de um posto de atendimento de uma instituição financeira localizada em Lagoa do Carro, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, distante 65 quilômetros do Recife. O crime ocorreu na madrugada dessa quarta-feira (04). Na fuga, os assaltantes trocaram tiros com policiais militares em Carpina, cidade vizinha. De acordo com a PM, não houve feridos.

A investida aconteceu às 4h20, no posto do Bradesco, o único da instituição na cidade. De acordo com o comandante do 2º Batalhão da PM, tenente-coronel Romolo Lamenha, seis homens chegaram ao local em um carro e em uma motocicleta. “Eles usaram explosivos para destruir o caixa”, afirmou.

No momento da ação em Lagoa do Carro, não houve confronto com policiais. O tenente-coronel Lamenha também informou que os bandidos não colocaram grampos nas vias da região para dificultar a chegada da polícia, como ocorreu em outras investidas desse tipo registradas no estado.

A PM acredita que os bandidos conseguiram levar o dinheiro. A quantia, no entanto, não foi informada. A área está isolada e os militares aguardam a chegada das equipes das polícias Civil e Científica.

Estatísticas

No dia 27 de setembro, o Sindicato dos Bancários de Pernambuco divulgou um balanço da criminalidade contra instituições financeiras em 2017. De janeiro até a terça-feira (26), foram registrados 138 explosões, assaltos e arrombamentos em unidades de todas as regiões do estado. Isso significa cerca de 15 casos por mês ou uma ação criminosa a cada 46 horas.

O levantamento mostra que 77 das 184 cidades pernambucanas foram atingidas pela criminalidade. Isso representa 41,8% de todos municípios do estado.

O Recife lidera o ranking da criminalidade contra bancos, com 24 ações criminosas. Em segundo lugar estão Cabo de Santo Agostinho e Olinda, com cinco, cada. Ipojuca, na mesma região, e Caruaru, no Agreste, anotaram quatro.

Por região, o Grande Recife está na liderança das estatísticas. Ao todo, 34,1% das investidas foram registradas nos 14 municípios da área. O Agreste responde por 29% das ocorrências, a Zona da Mata, por 15,9%, e o Sertão, por 21%.

Crimes

Entre os crimes mais registrados estão as explosões de caixas eletrônicos, com 41 ocorrências. Em segundo lugar aparecem os assaltos com explosões de cofre, com 34 casos. Também houve notificação de 22 arrombamentos e 14 ações contra carros-fortes.

Os explosivos foram usados pelas quadrilhas em 63 casos. Os assaltantes estavam armados em 44 ocorrências e utilizaram maçaricos em cinco delas.

G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário