ERGO 30

ERGO 30

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

SOCIALISMO: UM BREVE RESUMO

O socialismo e os socialistas querem eliminar os ricos, mas será que realmente são os tais culpados pela miserabilidade do mundo? Entre tantos outros pensamentos, Abraham Lincoln, o 16º presidente dos Estados Unidos, afirmava o seguinte: “Não ajudará os pobres se eliminares os ricos”; “Não ajudarás o assalariado se arruinares aqueles que o pagam”; “Não estimularás a fraternidade humana se alimentares o ódio entre as classes”; “Não fortalecerás a dignidade se tirar do homem a iniciativa e a liberdade”; “Não poderás ajudar o homem permanentemente se fizeres por eles aquilo que eles podem e devem fazer sozinhos”. No entanto, é exatamente isso que apregoam alguns defensores do comunismo ou socialismo.

Eu não sou contra os ricos, sou sim, contra “ricos ladrões e corruptos”. Mas, a verdade é que também existem “pobres ladrões e corruptos” e, seremos a favor dos tais unicamente por serem eles pobres?

Uma questão primordial e digna de nota é que na prática, a experiência “comunista/socialista” deixou um rastro de sangue, um legado de miséria, pobreza, perseguições, torturas, prisões, mortes, assassinatos, guerras, inanição, perseguições implacáveis a religião, especialmente, o cristianismo, pois, através dessa ideologia tentaram até eliminar “Deus” da vida das pessoas, entre outras tantas aberrações produzidas e provocadas por aqueles que governaram em nome desse sistema. 

O "capitalismo" também tem suas contradições, isso é uma verdade inconteste, mas onde você preferiria morar? No Canadá, EUA, Inglaterra, Austrália, Nova Zelândia, ou preferiria viver na China, Coréia do Norte, Cuba ou na extinta URSS? 

Em nenhum lugar o socialismo deu certo. A título de constatação dessa grande verdade, veja o exemplo da Venezuela que é a maior reserva de petróleo do mundo, pasmem, os "cumpanheiros" comunistas de FHC, Lula, Dilma e Cia Ltda conseguiram desestabilizar sua economia, destruir, quebrar o país, e depois da experiência socialista, essa nação, que já foi uma das mais bem sucedidas da América do Sul, amarga uma terrível crise econômica, política e social, e o povo está passando fome.

A grande verdade é o que Margareth Thatcher tão bem definiu: "O socialismo acaba quando acaba o dinheiro dos outros". Na verdade, o socialismo predominou, conseguiu um feito, ou seja, nivelar todos na pobreza extrema, e quando digo todos, eu me refiro aos “dominados”, os proletários (trabalhadores), pois, os “dominadores”, os governantes socialistas não têm do que reclamar, pesquisem os casos de Stálin, Idi Amim, Fidel, FHC, Lula, entre outros, e chegará a conclusão que esses ficaram muito bem, ricos, afortunados, ou seja, para esses, o socialismo “foi” ou “é” como caviar. #CAA

Professor Charles Anacorte

Nenhum comentário:

Postar um comentário