ERGO 30

ERGO 30

terça-feira, 25 de julho de 2017

MPPE VAI INVESTIGAR EXISTÊNCIA DE FUNCIONÁRIOS FANTASMAS NA CÂMARA DE SERRA TALHADA EM 2016

Foi publicado no Diário Oficial do Estado da última quinta-feira (20) a confirmação da instauração do Inquérito Civil para apurar suposta existência de funcionários fantasmas atuando junto à Câmara de Vereadores de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, no ano de 2016.

A Câmara por meio de nota, informou que a investigação diz respeito a gestão anterior. "Informamos que diante da repercussão e relevância do caso, solicitamos, junto ao Ministério Público Estadual, por meio de ofício, fotocópia integral do procedimento para conhecimento", diz a nota.

O prazo de investigação será de 90 dias, de acordo com a publicação no DOE. No site da Casa Legislativa, existe um link de Recursos Humanos, mas nos itens folha de pagamento, viagens, horas extras e outras informações sobre servidores, contratados, aposentados e pensionistas da Casa Legislativa, não existem informações disponíveis.

Valores 

No Portal da Transparência, os gastos com a folha de pessoal ficam em cerca de R$ 40 mil com os efetivos e mais de R$ 90 mil entre os comissionados, que são alvos da investigação do Ministério Público. Não foi informado pela Câmara no site, a quantidade de servidores efetivos e de comissão que a Casa conta atualmente. 

G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário