ERGO 30

ERGO 30

sexta-feira, 2 de junho de 2017

TRÊS CANDIDATOS DISPUTAM ELEIÇÕES À PREFEITURA DE BELO JARDIM

Três candidatos se apresentaram à Justiça Eleitoral para concorrer à prefeitura de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco. Eles vão disputar a eleição suplementar na cidade, já que o município está sob comando interino do presidente da Câmara desde o dia 11 de maio, devido a cassação do prefeito eleito em 2016, João Mendonça (PSB).

A eleição suplementar foi marcada para 2 de julho depois que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou a liminar que mantinha João Mendonça no cargo. As convenções foram realizadas no dia 25 de maio e os candidatos apresentados pelos partidos são:

Hélio dos Terrenos (PTB). Ele foi um dos candidatos nas eleições passadas, quando obteve 14.015 votos. O vice é Silvano Galvão (PTB);

Gilvandro Estrela (PV). Ele é o atual prefeito interino e presidente da Câmara Municipal. O vice é Jonas Torres, conhecido como Pitombra da Lotação (DEM).

O terceiro candidato é o empresário Luiz Carlos (PSB). Ele era o vice-prefeito de João Mendonça. A vice é a professora e ex-secretária de Educação do município, Elizabeth Gomes (PSB).

Nova eleição 

A eleição foi marcada depois que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou a liminar que mantinha o prefeito João Mendonça (PSB) no cargo. Por 7 votos a 0, os ministros seguiram o entendimento do relator do caso, Luiz Fux. Com isso, o prefeito perderá o mandato e ficará inelegível pelo prazo de oito anos.

O gestor já tinha tido o registro de candidatura negado nas duas primeiras instâncias, disputou a eleição por meio de liminar e conseguiu outra para ser diplomado e assumir a prefeitura. A defesa ainda argumentou outra lei para tentar reverter a decisão, mas o relator também não aceitou o pedido.

G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário