ERGO 30

ERGO 30

quarta-feira, 10 de maio de 2017

JANOT PEDE A RETIRADA DE BETINHO GOMES DA LISTA DE FACHIN


O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em petição enviada ao Supremo Tribunal Federal, pediu a retirada do nome do deputado federal Betinho Gomes (PSDB-PE) da lista de pedidos para abertura de inquérito no âmbito da Operação Lava Jato, a tal lista do ministro Edson Fachin. Janot solicitou, ainda, que haja a livre redistribuição dos autos entre todos os ministros daquela Corte.

Os advogados de Betinho Gomes sustentam que o Inquérito nº. 4446, aberto em abril de 2017, a partir das delações dos executivos da Odebrecht, não contêm qualquer tipo de ligação com as investigações da Operação Lava Jato.

“O sentimento inicial é de grande alívio porque, como sempre falei, não tenho nada a ver com essa acusação que me foi feita. Estar fora da Operação Lava Jato é um primeiro passo para se comprovar, em definitivo, a minha inocência”, comemora o parlamentar, que vai acompanhar com máxima atenção e aguardar a distribuição do processo.

Betinho ressalta que outros passos ainda precisam ser dados, todavia tem certeza que o processo finalizará sendo arquivado. “A acusação que me foi feita é absolutamente equivocada, injusta e sem sustentação alguma, pois eu sempre tive muito zelo em relação ao que é público”, argumenta o tucano.

“Assim, por não haver fundamento jurídico para a apuração conjunta do presente inquérito no contexto dos demais casos investigados no âmbito da denominada Operação Lava Jato, o feito há de ser submetido a livre distribuição no âmbito do Supremo Tribunal Federal”, diz trecho do documento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário