ERGO 30

ERGO 30

quarta-feira, 5 de abril de 2017

VIOLÊNCIA - JOVENS DO MOVIMENTO "LAJEDO PEDE PAZ" PROTESTAM CONTRA A VIOLÊNCIA EM LAJEDO

Moradores do Agreste pernambucano não aguentam mais tanta violência acometida por bandidos na região. Vários assaltos a veículos, entre esses, carros e motos são registrados.

Uma das cidades que mais sofre com esse tipo de crime é a cidade de Lajedo, onde já se contabiliza nos três primeiros meses deste ano (2017), o número de 66 (sessenta e seis) veículos roubados, desse montante, 41 na cidade e 25 na zona rural.

Vários roubos de celulares e outros objetos a transeuntes são constantes. Moradores do município cobram do governo do estado mais segurança. No dia 31 de março, uma sexta-feira, vários registros de roubos foram comentados nas redes sociais. Em um dos casos, dois elementos assaltaram um mercadinho localizado na zona rural do município em que o meliante que estava sem capacete agrediu um senhor de idade, que não teve como reagir a agressão do bandido. Tudo isso foi mostrado ao governador quando o mesmo estava sendo entrevistado no ABTV 1ª edição de Caruaru, o governador Paulo Câmara simplesmente ignorou o fato.

Com tanta violência acontecendo, um grupo de JOVENS resolveram montar um movimento denominado como "Lajedo pede paz", que junto com CDL, Igrejas Evangélicas, Católica, estudantes e demais órgãos da sociedade, estarão realizando uma grande MANIFESTAÇÃO nesta quinta-feira (06/04), com início as 14h, na Praça Cecilia Vilaça, Av. Pacheco de Medeiros (Praça do Socorro).

Os jovens organizadores do movimento estão passando nos meios de comunicação e explicando que o movimento é apartidário, sem envolvimento político. 

Um dos principais pontos a ser cobrado ao governo do estado é o aumento do efetivo policial, além da volta dos plantões em fins de semana, instalação do Batalhão, permanência do BEPI e Trio da ROCAM, a volta da Patrulha Rural e a reforma da Delegacia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário