ERGO 30

ERGO 30

terça-feira, 28 de março de 2017

AGRICULTURA FAZ CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE ANIMAIS SOLTOS QUE CAUSAM ACIDENTES NAS RODOVIAS EM LAJEDO


Na última sexta-feira, 24 de março, foi realizada uma reunião na sede dos carroceiros sobre os animais de tração que aparecem soltos às margens da BR 423 e da PE que liga Lajedo a São Bento do Una e que tem sido responsáveis pelo crescimento do número de acidentes em Lajedo. A reunião serve de conscientização para prevenir os lajedenses devido à intervenção da Polícia Rodoviária daqui em diante e apresentar as soluções oferecidas pelo prefeito Rossine.

O poder Executivo de Lajedo solicitou ao secretário de agricultura Alexandre Alves que fizesse uma campanha de conscientização sobre o número de acidentes causados por cavalos, jumentos e outros animais que ficam soltos nas margens da rodovia federal que corta a cidade e também da estadual. A ação é uma parceria entre a Secretaria de Planejamento, Agricultura e a Polícia Rodoviária Federal.

A PRF – Polícia Rodoviária Federal vai apreender os animais que normalmente são levados ao centro de zoonose de Garanhuns e após 48 horas são abatidos. Para encontrar uma solução que favoreça ambas as partes, o prefeito Rossine Blésmany decidiu aproveitar um espaço para colocar esses animais apreendidos. “A partir dessa segunda-feira (27) os animais que estiverem soltos serão apreendidos e levados para a antiga cadeia pública do município”, informou o secretário de agricultura. “Lá eles serão vigiados e assim o dono do animal poderá resgatá-lo após identificação”, completou.

A Secretaria de Agricultura tem a intenção de marcar os animais a frio para identificar de quem é o dono, e assim poder cobrar e garantir a segurança de todos.

​​Governo dialoga com quem está mais próximo do problema: os carroceiros de Lajedo que convivem diretamente com donos de animais.

Fotos: Vídeo Foto PJ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário