quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

HOMEM PROCESSA MÉDICO APÓS TER PÊNIS DIMINUÍDO EM 7 CM

Um artista de 57 anos processou o próprio médico após ter cerca de 7 centímetros do pênis diminuído em uma cirurgia. O procedimento, realizado para tratar a Doença de Peyrone, que causa deformidades no membro, foi feito por causa das dores contínuas sofridas pelo homem mesmo após uma série de injeções. “A cirurgia devia me ajudar, mas voltei para casa com metade do meu pênis”, afirmou o croata Željku Nosi?u em entrevista ao jornal britânico

Segundo o jornal croata, o homem alegou não ter sido avisado pelos médicos dos possíveis riscos antes de fazer a cirurgia. A Associação Médica do país se pronunciou e afirmou que todas as normas foram seguidas de acordo com o protocolo. Ainda assim, o homem disse que ia buscar os direitos e provar que não foi avisado no tribunal. “A comunicação é muito importante na medicina. É necessário conversar abertamente com o paciente sobre o diagnóstico, tratamento e as consequências”, afirmou a psiquiatra Marijana Bras, membro da comissão de médicos do país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário