ERGO 30

ERGO 30

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

PRESIDENTE DO PT CONFIRMA QUE PARTIDO DEVE LANÇAR LULA COMO CANDIDATO EM ABRIL

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, disse nesta terça-feira (17) que o partido deve lançar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República em seu congresso nacional, em abril.

Falcão afirmou ainda não ver necessidade de lançar o nome do petista, pois ele é "candidato permanente" do partido.

"O Lula não precisa ser lançado por ninguém. Ele já é nosso candidato permanente à Presidência da República", disse Rui Falcão, que foi à Câmara dos Deputados para participar das discussões da bancada petista sobre quem o partido apoiará na disputa pelo comando da Casa.

Segundo Falcão, Lula já está sendo lançado por movimentos socais, portanto, oficializar esta candidatura não prejudicará a imagem do ex-presidente."Não tem como ele ficar mais exposto do que já é", afirmou.

ENCONTRO

A bancada do PT está reunida em Brasília para começar a discutir quem apoiará na disputa para presidente da Câmara dos Deputados.

Alguns integrantes do PT defendem a candidatura de André Figueiredo (PDT-CE) para que tenham um discurso palatável em suas bases sociais, que veem Rodrigo Maia (DEM-RJ), Jovair Arantes (PTB-GO) e Rogério Rosso (PSD-DF) como candidatos que apoiaram o impeachment de Dilma Rousseff.

Se antes o PT tendia a apoiar majoritariamente a candidatura de Maia, agora integrantes do partido já dizem cogitar também a de Jovair, que começou a ganhar musculatura com o apoio de deputados do baixo clero, estratégia que deu certo quando adotada por Severino Cavalcanti (PP-PE) em 2005 e por Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em 2015.

Tanto Maia quanto Jovair têm prometido lugar para o PT na Mesa Diretora.Aliados de Maia dizem que ao PT caberia a segunda secretaria, que cuida de prêmios conferidos pela Câmara e da emissão de passaportes diplomáticos para deputados.

Alguns membros do partido querem que Maia entregue a eles a primeira secretaria, uma espécie de prefeitura da Casa. A posição, no entanto, está sendo negociada com o PR, segundo a reportagem apurou.

Partidos governistas discutem a formação de blocos para tomar o lugar do PT na escolha de lugares na Mesa. Sozinho, o PT tem a segunda maior bancada, com 57 deputados. Com informações da Folhapress.

Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário