Cavaleiros Vip

Cavaleiros Vip

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

DOZE PESSOAS DA MESMA FAMÍLIA SÃO MORTAS E TRÊS BALEADAS DURANTE FESTA DE RÉVEILLON EM CAMPINAS

Um homem invadiu uma casa em Campinas, no interior de São Paulo, na meia-noite da madrugada de sábado para domingo e matou 12 pessoas de uma mesma família. Outras três vítimas foram levadas com vida para hospitais da cidade. Após ter efetuado os disparos, Sidnei Ramis de Araújo, 46 anos, cometeu suicídio.

Na casa onde ocorreu a chacina, localizada no bairro Jardim Aurélia, a ex-mulher de Araújo, Isamara Filier, 41 anos, e o filho deles, João Victor, 8 anos, comemoravam a passagem para o novo ano. A residência era da família de Isamara.

Um dos familiares que estavam na casa e sobreviveu à chacina contou à polícia que Araújo invadiu a casa pulando o muro. A testemunha afirmou que, ao ouvir os primeiros disparos, pensou tratar-se de fogos de artifício. Mas viu o tio cair no chão e percebeu o que ocorria. Correu, então, para o banheiro e ligou para a polícia e para unidades de resgate. 

O caso foi registrado no 4º Distrito Policial de Campinas como homicídio consumado e pensado, além de suicídio. Além das armas usadas por Sidnei, o carro, um gravador e um telefone celular foram apreendidos pela polícia. 

Segundo a Polícia Militar, o autor da chacina estava em processo de separação da esposa. Ele escreveu cartas revelando seus planos de matar a família. Os textos, um direcionado ao filho e o outro a uma namorada, haviam sido enviados para amigos antes do crime.

De acordo com a reportagem, além da ex-mulher e do filho do atirador, as outras vítimas são Liliane Ferreira Donato, 44 anos, Rafael Filier, 33, Antonia Dalma Ferreira de Freitas, 62 anos, Abadia das Graças Ferreira, 56, Paulo de Almeida, 61, Ana Luzia Ferreira, 52, Luzia Maia Ferreira, 85, Larissa Ferreira de Almeida, 24, Carolina de Oliveira Batista, 26 e Alessandra Ferreira de Freitas, 40. Só quatro pessoas que estavam na festa não foram atingidas pelos disparos.

Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário