ERGO 30

ERGO 30

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

OUTUBRO É O MÊS MAIS VIOLENTO DOS ÚLTIMOS NOVE ANOS EM PERNAMBUCO


Outubro é o mês mais violento dos últimos nove anos, em Pernambuco. Somente até o dia 28, a Secretaria de Defesa Social contabilizou 399 homicídios no Estado, marca só alcançada em agosto de 2008, ano posterior ao Pacto pela Vida. Somente com as sete mortes registradas na unidade da Funase de Caruaru, no domingo, o número já pula para 406 assassinatos.

Considerando apenas os números consolidados pela SDS, já seriam 3.548 mortos de janeiro a outubro, 363 (11%) a mais do que no mesmo período do ano passado, que teve 3.185 homicídios. O recorde acontece justamente no mês em que a SDS ganhou um novo gestor, o delegado federal Angelo Gioia.

Os danos contra o patrimônio também continuam aumentando. Na madrugada desta terça, mais duas agências (do Banco do Brasil e do Bradesco) foram explodidas por criminosos no município de Pedra, no Agreste. Como em outras investidas, eles espalharam grampos pela pista e conseguiram fugir. Foram mais de dez ações do tipo em outubro. A agência dos Correios de Orobó, no Agreste, também foi arrombada com maçaricos, na madrugada, e os bandidos fizeram moradores de reféns. Na noite anterior, a agência do Banco do Nordeste de Paulista, no Grande Recife, também foi assaltada.
Na manhã da terça-feira (1º), o Sindicato dos Bancários fez coletiva, pedindo uma ação mais efetiva do Estado contra os assaltos a banco. Segundo levantamento da entidade, já são 248 ocorrências envolvendo instituições financeiras, este ano, sendo 128 ataques a caixas de autoatendimento situados fora de agências bancárias.

“Os bandidos estão encontrando fragilidades no sistema de segurança pública. Enquanto o policial porta um revólver 38, o bandido vem armado com fuzil e fotos da família do gerente, dizendo que conhece a rotina da família dele. O que vamos fazer?", indagou o presidente interino do sindicato, Fabiano Moura.

Resposta SDS

Por meio de nota, a SDS diz que, em conjunto com os outros órgãos que compõem o Pacto pela Vida, vem adotando várias ações para reduzir o índice de homicídios. Entre elas, cita o reforço de oito equipes do Grupo de Operações Especiais (GOE) nas investigações da Polícia Civil sobre assassinatos; o aumento de 20% na conclusão de inquéritos de homicídios, de janeiro a setembro (de 1.861 para 2.227); o cumprimento de 4.153 mandados de prisão, no período (30% a mais); realização de concurso para 1,5 mil policiais militares, 650 policiais civis e 316 peritos; e a entrega de 892 viaturas até o final do ano.

Quanto aos assaltos a banco, a SDS registrou 19 investidas contra agências de janeiro a setembro (50% a menos que no mesmo período de 2015). E outros 40 ataques com explosivos a caixas eletrônicos, contra 34 em 2015.

JC

Nenhum comentário:

Postar um comentário