ERGO 30

ERGO 30

terça-feira, 13 de setembro de 2016

10º BPM REGISTRA TRÊS ASSASSINATOS A JOVENS NO FIM DE SEMANA NA MATA SUL

A violência não dá tréguas na Mata Sul Pernambucana. No sábado (10/09) e no domingo (11/09), três homicídios foram registrados em municípios da Mata Sul Pernambucana, todos envolvendo jovens. Os crimes ocorreram em Gameleira e Ribeirão e engrossam as estatísticas de criminalidade na área do 10º BPM (AIS-13).
Em Gameleira, na madrugada de domingo, a Polícia Militar recebeu uma ligação telefônica informando a ocorrência de um homicídio no centro da cidade. Indo ao local, as autoridades encontraram, jogado ao chão, com várias marcas de tiro, o corpo de Felipe Manoel da Silva, 19. Pelo menos quatro disparos atingiram a cabeça da vítima.

De acordo com informações da namorada de Felipe, que estava junto dele no momento do atentado, três elementos armados em duas motos aproximaram-se do rapaz e imediatamente dispararam contra ele, que morreu na hora. Em seguida fugiram, tomando destino ignorado. Uma moto (Honda Bros verde), que estava em posse da vítima, foi levada pelos assassinos durante a fuga.

Ainda de acordo com populares, o jovem tinha envolvimento com o tráfico de drogas, o que pode ter relacionamento com a motivação do crime.

OUTRO CORPO LOCALIZADO
Também em Gameleira, dessa vez na Zona Rural, mais precisamente no engenho Bom Sucesso, a PM encontrou o corpo do jovem Willames Antônio da Silva, 19. O padrasto da vítima foi quem contactou as autoridades. O cadáver apresentava uma perfuração no tórax, possivelmente ocasionada por arma de fogo. Não há informações de suspeitos até o momento.

O caso foi registrado em boletim de ocorrência. A Polícia Civil encaminhou o corpo ao IML de Recife após a avaliação criminalística.

CRIME EM RIBEIRÃO
Já em Ribeirão, a vítima de homicídio foi o jovem Jefferson Felipe Silva Lourenço (vulgo “Pinho”), 19. Conforme relato de populares que testemunharam o crime, ele estava em via pública quando dois elementos a pé, armados com um revólver, chegaram perto dele e apontaram-lhe a arma. Ainda segundo os moradores, antes de receber os cinco tiros, a vítima gritou os nomes dos algozes: “Douglas”e “Najé”, ambos moradores da localidade conhecida como Canavial.

Os disparos atingiram a cabeça, as costas, uma das coxas, um dos braços e o peito da vítima, que veio imediatamente a óbito. Ainda conforme o início das investigações junto à família, Jefferson tinha envolvimento com o tráfico de drogas na região. Uma viatura policial empreendeu buscas no intuito de localizar e prender os suspeitos, mas ainda não se obteve êxito na captura.

Todos os casos foram periciados pela Polícia Civil, que encaminhou os corpos ao Instituto de Medicina Legal. As ocorrências foram registradas nas delegacias dos respectivos municípios.

Portal Nova mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário