ERGO 30

ERGO 30

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

EM LAJEDO, PE - POLÍCIA INVADE CASA ALUGADA POR BANDIDOS E ENCONTRA REVÓLVER


Na última segunda-feira (01), por volta das 13h30, o Comandante da Companhia de Polícia Militar da cidade de Lajedo/PE, recebeu informações que os cinco elementos envolvidos na ocorrência no Sítio Miné, espaço rural do município de Calçado, no sábado passado (30/07) que culminou com a prisão de três elementos e a morte de dois em confronto com os militares, pertenciam a uma quadrilha composta por muitos indivíduos onde mais dois haviam sido presos neste domingo na cidade de Capoeiras com mais três armas de fogo e que tal equipe estaria se abrigando em uma residência localizada na Rua Juraci Cassiano, 357, bairro Planalto 2, município de Lajedo e que provavelmente outros elementos e mais armamentos poderiam se encontrar na aludida residência. De pronto foi realizada uma operação com a viatura de Calçado, Quadrante de Segurança e ROCAM com o objetivo de proceder a competente abordagem. 

Ao chegar no local indicado na denúncia os policiais militares encontraram a proprietária do imóvel, que informou ter alugado a casa para a pessoa de MATHEUS, jovem detido no município de Calçado e que tal aluguel se deu há aproximadamente trinta dias e não sabia que possuía interesses ilícitos por parte do jovem. Informou ainda que estava no local por ter recebido uma ligação informando que o portão da garagem havia sido arrombada. Assim, foi realizado abordagem no interior da casa sendo encontrado em um dos cômodos um revólver TAURUS cal. 38 com numeração suprimida e 04 munições intactas. 

Pela análise do local ficou claro que outros componentes da quadrilha estiveram as pressas ao local a fim de se desfazer de algumas provas e recolher outros materiais. Foi constatado que a casa possuía sistema de monitoramento eletrônico através de câmeras de vigilância, sendo o aparelho DVR apreendido e juntamente com a arma e a proprietária apresentados à DP local para adoção das medidas cabíveis por parte da autoridade policial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário