sexta-feira, 29 de maio de 2015

SALÁRIO MÍNIMO SOBE PARA R$ 855 EM 2016

O governo piorou o cenário de crescimento para 2016 reduzindo para 1%, ante 1,3%, a previsão de expansão do PIB (Produto Interno Bruto) — soma das riquezas do País — para o próximo ano, segundo dados do Ministério do Planejamento apresentados nessa quarta-feira (27) pelo titular da pasta, ministro Nelson Barbosa.

Durante apresentação na Comissão Mista de Orçamento, Barbosa informou que o governo elevou para R$ 855 o valor do salário mínimo a vigorar no próximo ano, ante o valor anterior de R$ 854.

O cálculo para reajustar o salário mínimo leva em conta a inflação oficial do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do ano anterior mais a variação do PIB de dois anos atrás.

A meta nominal de R$ 126,73 bilhões de superávit primário (economia do governo para pagar os juros da dívida externa) para 2016 também foi ajustada em proporção ao PIB a 2,02% frente à equivalência anterior de 2% do PIB.

As demais projeções da proposta da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2016 são a inflação oficial, calculada pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), em 5,6%. A taxa básica de juros da economia, por sua vez, deve ficar em 11,5% ao ano. 

Para 2015, as previsões são queda de 1,2% do PIB, IPCA em 8,26% e Selic em 13,25%. O câmbio, para a equipe econômica, encerrará este ano cotado a R$ 3,22.

Nelson Barbosa participa de audiência com parlamentares da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização. Ele fala sobre a proposta da LDO para o ano que vem e sobre o contingenciamento de R$ 69,9 bilhões anunciado para o orçamento neste ano.

R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário